Logo ADESG

ADESG Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra

Administração Nacional - RJ

Menu Principal

14:50

Menu Lateral

Você está em: ADESG » Notícias » M. Defesa » Aeronáutica » Visualizar notícia:

Diminuir FonteAumentar Fonte

ADESG - JOGOS MUNDIAIS MILITARES -Comandante do Terceiro COMAR explica envolvimento da FAB

JOGOS MUNDIAIS MILITARES -Comandante do Terceiro COMAR explica envolvimento da FAB

Organização de disputas de algumas modalidades, transporte aéreo de competidores, envolvimento na recepção e na segurança de comissões, edificação de estruturas para atender delegações, disponibilização de alimentação e alojamento para atletas foram uma amostra do envolvimento da FAB nos 5º JOGOS MUNDIAIS MILITARES. A participação do Terceiro Comando Aéreo Regional Aéreo (III COMAR), da área do Rio de Janeiro, contribuiu de forma decisiva para viabilizar o sucesso das competições. São dezenas de unidades da Força Aérea e centenas de homens participando da organização.

“Diria que o envolvimento desses militares acabou sendo total”, explica o comandante do III COMAR, Major Brigadeiro do Ar Luiz Carlos Terciotti.

Ele lembra que a presença dos militares na organização dos JMM deixou um grande legado material e imaterial para a Aeronáutica.

“O maior ensinamento foi tocante à fiscalização de uma obra, como foi a construção dos 67 blocos de apartamentos da Vila Azul, totalizando 402 apartamentos que, no futuro, serão guarnecidos por militares da própria Aeronáutica. Além do complexo físico, fica o aprendizado das diversas auditorias realizadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU), que fizeram com que o nosso serviço de fiscalização elevasse o nível de conhecimento. Assim, em futuras edificações desse porte, nós estaremos, com certeza absoluta, muito mais preparados”, afirma.

Segundo o comandante do III COMAR, os Jogos Mundiais foram uma oportunidade para demonstrar a operacionalidade e a prontidão das unidades da Força Aérea Brasileira, no Rio de Janeiro, para emprego em missões reais.

“Com certeza absoluta esse ensinamento será um legado que jamais será perdido. As dificuldades eram muitas e jamais havíamos oferecido uma assistência a tantas pessoas e ao mesmo tempo. Isso exigiu de todos um planejamento muito mais acurado e, com certeza absoluta, um envolvimento e um comprometimento muito maiores”, ressalta ele.

O Major Brigadeiro destaca que, com os Jogos da Paz, foi possível planejar e dimensionar a força de trabalho, aplicando-a de forma efetiva em várias frentes de atuação, que incluíram unidades militares e civis. Dentre as incumbências, a Arena HSBC, onde foram realizadas as competições de basquete, e o Parque Aquático Maria Lenk, que sediou as provas de natação, ficaram sob responsabilidade da FAB.

“Essas atividades são muito complexas de ser gerenciadas, no sentido de que quase toda a totalidade do dia possui competições. Desde o primeiro contato, o objetivo primordial era que a gerência dessas modalidades visitasse a instalação e definisse a execução e a segurança da atividade. Por tanto, isso fez com que o nosso pessoal preparasse um planejamento para que tudo acontecesse”, ressalta.

Confira a entrevista.

Fonte: Aeronáutiva

« voltar

Notícias Relacionadas

» Veja todas as notícias

Entre em contato

"Um só Coração e uma só Alma pelo Brasil" Logo ADESG ADESG Nacional - +55 (21) 2262-6400
Palácio Duque de Caxias
Praça Duque de Caxias nº 25 - 6º andar - Ala Marcílio Dias
CEP 20221-260 - Rio de Janeiro - RJ