Logo ADESG

ADESG Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra

Administração Nacional - RJ

Menu Principal

13:30

Menu Lateral

Você está em: ADESG » Notícias » Geral » Economia » Visualizar notícia:

Diminuir FonteAumentar Fonte

ADESG - Infraestrutura e impostos são desafios para o transporte aéreo nos próximos anos

Infraestrutura e impostos são desafios para o transporte aéreo nos próximos anos

Infraestrutura, impostos e a alta de custos são alguns dos desafios para o crescimento do transporte aéreo nos próximos anos, de acordo com representantes da aviação reunidos no “Aviação em Debate”, evento promovido pela Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR) em parceria com o Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia (Coppe/UFRJ), no Rio de Janeiro.

Durante o 2º Painel do evento, os especialistas do setor aéreo citaram que, apesar desses gargalos, as companhias aéreas mantiveram investimentos para oferecer aos passageiros uma operação ainda mais eficiente e uma experiência de voo cada vez melhor. Atualmente, 52 aviões decolam a cada minuto no mundo, 8 bilhões de passageiros já foram transportados neste ano. Só na América Latina, foram embarcados 175 milhões de pessoas apenas em 2013.

“De 2003 a 2012, o crescimento e consumo em alta da população brasileira triplicou o número de passageiros a bordo. Temos com isso o desafio da infraestrutura , tanto no solo quanto no ar. O segundo grande desafio é o dos custos”, disse o presidente da ABEAR, Eduardo Sanovicz. “A aviação triplicou de 30 para 100 milhões o número de consumidores e ao longo da década cortou todos os custos possíveis para atender a demanda de mercado que se colocava. Hoje não há espaço para aceitar custos que estejam fora da média nacional. O grande exemplo é o custo do QAV, que responde por 40% dos gastos de uma empresa”, acrescentou.

O transporte aéreo na América Latina também viveu um ciclo recente de crescimento, lembrou o diretor executivo da Associação do Transporte Aéreo da América Latina e do Caribe (ALTA, na sigla em inglês), Eduardo Iglesias. De acordo com ele, atualmente são 1 mil aeronaves na região, com potencial para chegar a 4 mil em 2032. A frota latino-americana tem idade média de 8 anos, em comparação com os 13 anos dos Estados Unidos e 10 anos da Europa. “Cerca de 35% dos passageiros da América Latina decolam de aeroportos saturados, o que evidencia necessidade de investimentos na região”, disse Iglesias.

Fonte: ABEAR

« voltar

Notícias Relacionadas

» Veja todas as notícias

Entre em contato

"Um só Coração e uma só Alma pelo Brasil" Logo ADESG ADESG Nacional - +55 (21) 2262-6400
Palácio Duque de Caxias
Praça Duque de Caxias nº 25 - 6º andar - Ala Marcílio Dias
CEP 20221-260 - Rio de Janeiro - RJ