Logo ADESG

ADESG Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra

Administração Nacional - RJ

Menu Principal

15:05

Menu Lateral

Você está em: ADESG » Notícias » M. Defesa » Exército » Visualizar notícia:

Diminuir FonteAumentar Fonte

ADESG - Exército inicia participação no Exercício Geral do Plano de Emergência da Central Nuclear de Angra

Exército inicia participação no Exercício Geral do Plano de Emergência da Central Nuclear de Angra

Ocorreu o Exercício Geral do Plano de Emergência Nuclear Almirante Álvaro Roberto (CNAAA), em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro.

O objetivo da simulação foi avaliar a eficácia de medidas previstas para o caso de haver uma emergência nuclear, identificar possíveis pontos vulneráveis e aperfeiçoar procedimentos. O treinamento foi baseado em uma situação fictícia e começou com a simulação de um acidente em Angra 1. A partir desse momento, diversas ações de proteção à população e ao meio ambiente foram deflagradas.

No primeiro dia de simulação, a Base do Exército, montada no Bairro do Frade, recebeu a visita do Ministro de Estado Chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSI), General de Exército José Elito Carvalho Siqueira, acompanhado do Comandante da 1ª Divisão de Exército (1ª DE), General de Divisão Luiz Eduardo Ramos Baptista Pereira.

Durante a visita, as autoridades conheceram de perto as instalações da Força Terrestre, como o Hospital de Campanha Oswaldo Cruz, único hospital militar na América Latina com atenção de saúde terciária e capacidade de se desdobrar em até 150 leitos com atendimento de médicos especializados e realização de exames laboratoriais e complementares para atender pessoas contaminadas ou “radioacidentadas”.

A comitiva visitou, também, a área de operações do 1º Batalhão de Defesa Química Biológica Radiológica Nuclear (1º Btl DQBRN) e assistiu à simulação de ações de monitoração e descontaminação realizadas em possíveis vítimas de um acidente nuclear.

Na sequência, as autoridades visitaram o Centro de Coordenação de Emergência Nuclear (CCEN), localizado na sede do Colégio Naval, onde foi realizada uma videoconferência com os elementos de supervisão e coordenação do Governo do Estado do Rio de Janeiro e de Brasília.

Nesse Exercício, a Força Terrestre empregou em torno de 350 militares oriundos do Comando Militar do Leste, da 1ª DE, da Aviação do Exército, do Hospital de Campanha e do 1º Btl DQBRN.

Fonte: Exército

« voltar

Notícias Relacionadas

» Veja todas as notícias

Entre em contato

"Um só Coração e uma só Alma pelo Brasil" Logo ADESG ADESG Nacional - +55 (21) 2262-6400
Palácio Duque de Caxias
Praça Duque de Caxias nº 25 - 6º andar - Ala Marcílio Dias
CEP 20221-260 - Rio de Janeiro - RJ