Logo ADESG

ADESG Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra

Administração Nacional - RJ

Menu Principal

15:06

Menu Lateral

Você está em: ADESG » Notícias » M. Defesa » Aeronáutica » Visualizar notícia:

Diminuir FonteAumentar Fonte

ADESG - Espetáculo apresenta mascote dos Jogos Mundiais Militares

Espetáculo apresenta mascote dos Jogos Mundiais Militares

Espetáculo apresenta mascote dos Jogos Mundiais Militares

Um espetáculo circense marcou a chegada da mascote Arion (do grego, aquele que tem energia), na Universidade Livre do Circo (UNICIRCO), na Quinta da Boa Vista, cidade do Rio de Janeiro.

O picadeiro ficou repleto de acrobatas, trapezistas e palhaços, entre outros artistas que mostraram alegria e, principalmente, energia ao público que compareceu ao espetáculo. No final, os presentes puderam observar a mágica que fez aparecer Arion e a Tropa da Paz dos 5º Jogos Mundiais Militares do CISM no centro do palco. O nome da mascote foi escolhido em um concurso que teve 41.000 votos.

A primeira aparição pública da mascote marca o início da divulgação dos Jogos Mundiais Militares de 2011 no Brasil e no exterior. A partir de então, Arion fica conhecido como o símbolo oficial do evento. Os Jogos Mundiais Militares tem um significado especial para o Rio de Janeiro, já que é o primeiro dos grandes eventos que a cidade irá sediar a partir do ano que vem. De acordo com o Coordenador Geral do Comitê de Planejamento Operacional dos Jogos da Paz, General-de-Brigada Jamil Megid Junior, a escolha do circo para a apresentação teve a ver com a mensagem artística e cultural que os jogos querem passar para o público. Ouça matéria veiculada na Força Aérea FM

O espetáculo teve início com a apresentação dos palhaços e seguiu com a presença de acrobatas em tecido, em argolas, cama elástica e de contorcionistas. Os jovens do UNICIRCO puderam mostrar toda a sua versatilidade no picadeiro, inclusive, em apresentações de dança. Os artistas prenderam a atenção do público a cada voo no trapézio. O ponto alto foi a aparição de Arion e sua Tropa da Paz no centro do palco, ao som do Hino Nacional. Em seguida, a mascote partiu para um desfile pelos jardins da Quinta da Boa Vista.


“O esporte tem energia, a paz tem energia e o Rio de Janeiro é uma cidade cheia de energia e que está pronta para receber os Jogos Mundiais Militares e a sua mascote”, disse o ator Marcos Frota, que dirigiu o espetáculo e coordena o projeto no UNICIRCO.


O criador de Arion, o desenhista Maurício de Souza, afirmou que a paz foi a inspiração na hora de compor a personagem e que, através dos Jogos, pôde conhecer um pouco dos valores das Forças Armadas.

“A proposta de paz pelo esporte é muito bonita. É o que nós precisamos não só no Brasil, mas também no mundo”, disse o desenhista.

Forças no Esporte - Na platéia do circo, cerca de 600 crianças e adolescentes do Programa Forças do Esporte/Segundo Tempo, dos Ministérios da Defesa, Desenvolvimento Social e Combate à Fome e dos Esportes puderam acompanhar todas as manobras dos artistas. Para elas, as atividades começaram antes das apresentações. Foram oferecidas diversas atrações dirigidas por atletas das seleções militares e por monitores, como exibições e prática de taekwondo, vôlei e orientação militar.


O programa mostra que as Forças Armadas também podem contribuir para a formação de talentos no esporte. E os resultados já começaram a aparecer, com atletas se destacando em esportes como boxe, karatê, judô e taekwondo. Muitos deles estão classificados para as competições oficiais.

“Nós temos três objetivos com o programa Forças no Esporte: inclusão social, cidadania e reforço escolar. Assim, mostramos que o esporte pode auxiliar na formação da criança e do adolescente”, explicou o coordenador do Programa Forças no Esporte, Capitão-de-Fragata José Ferreira de Barros.

A Comissão de Desportos da Aeronáutica (CDA) também tem seus atletas em formação. Jovens como Milaine Carolaine, de 15 anos, que conquistou o ouro na Corrida da Universidade da Força Aérea (UNIFA) e que participou da Corrida Santos Dumont, e Leandro Santino, de 17 anos, que participa do projeto desde os 14 anos.

“O Forças no Esporte nos mostra o valor da responsabilidade e tira a gente das ruas. Somos uma família”, afirmou Leandro.

Fonte: Aeronáutica

« voltar

Notícias Relacionadas

» Veja todas as notícias

Entre em contato

"Um só Coração e uma só Alma pelo Brasil" Logo ADESG ADESG Nacional - +55 (21) 2262-6400
Palácio Duque de Caxias
Praça Duque de Caxias nº 25 - 6º andar - Ala Marcílio Dias
CEP 20221-260 - Rio de Janeiro - RJ