Logo ADESG

ADESG Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra

Administração Nacional - RJ

Menu Principal

21:21

Menu Lateral

Você está em: ADESG » Notícias » Geral » Brasil » Visualizar notícia:

Diminuir FonteAumentar Fonte

ADESG - Asas Brasileiras

Asas Brasileiras

Sempre admirei o avião de caça. Considero-o a máquina mais bonita em termos estéticos, de aparente leveza, porém, vigorosa no deslocamento e senhora do espaço. Embora a grande admiração particular por essa aeronave, sabemos que as duas últimas características, deslocamento e domínio do espaço, somente são possíveis de se admirar pela hábil participação de profissionais grandemente especializados e, portanto, capacitados a levar aos céus a beleza inerte e transformá-la, dar-lhe vida, com as execuções extraordinárias de que tanto admiramos, presos ao solo, impressionados.

Pois, são a esses adestrados homens da Força Aérea Brasileira, aos componentes de todas as suas Unidades, que nos dirigimos, por ocasião das comemorações do Dia do Aviador, 23 de outubro, para manifestarmos a nossa gratidão, enviar-lhes os nossos agradecimentos pelos serviços prestados ao povo e ao país, porque pertencemos à parte que se mantém, irredutivelmente, fiel ao Brasil e às suas Forças Armadas.

Infelizmente, em virtude da pobreza cívica de muitos, não podemos falar em nome da coletividade, parte dela desconhecedora das atuações das Organizações Militares, por ainda se manter sob a miséria do atraso, que lhe cauteriza a capacidade de pensar em termos de brasilidade.

Cabe a nós, parte sadia da nação, participar das datas magnas da Força Aérea Brasileira, dar-lhe apoio, mostrarmo-nos gratos por sua solidariedade, por sua presença nos momentos trágicos, empenhados nos trabalhos de busca e salvamento; no transporte de brasileiros de longínquas regiões, fisicamente debilitados para atendimento em cidades mais aparelhadas; no abastecimento de Unidades do Exército, na fronteira; e em tantas outras atribuições que só são executadas pelas laboriosas asas brasileiras.

Mas, jamais devemos esquecer o seu passado, do saudoso Ministério da Aeronáutica, criado em 20 de janeiro de 1941, que enviou o 1.º Grupo de Aviação de Caça, o “Senta a Pua!”, e a 1.ª Esquadrilha de Ligação e Observação, a “Olho Nele!”, para os céus da Itália, batismo de fogo vitorioso, na Segunda Guerra Mundial, quando atingiram o mais alto patamar da História.

De onde estiver, o grande e inesquecível ícone da Força, Marechal do Ar Eduardo Gomes, estará contemplando o resultado das novas tecnologias aeronáuticas que tornaram os atuais componentes em brilhantes profissionais e tão respeitados internacionalmente, quanto foram os comandados do então Major Nero Moura.

O Dia do Aviador, o Dia da FAB, portanto, não é apenas uma data festiva para rememorar a criação da mais jovem Força e de merecida homenagem a seus integrantes, é, também, a celebração do homem que, graças a Santos Dumont, graças ao avião, que a simbologia diz ser o “Pégaso moderno”, libertou-se da lei gravitacional que o prendia a terra, como um ser pesado, sem condições, até então, de atingir as altitudes.

Convivendo com a placidez do espaço, distanciado do mundo de rasteiros pedestres, esse homem do espaço deve sentir outras sensações, desenvolvido outras sensibilidades, sendo, talvez, essa a razão de encontrarmos cultivadores das artes e ótimos escritores entre os denodados aviadores brasileiros.

(Dr.ª em Língua Portuguesa. Vice-Presidente da Academia Brasileira de Defesa)



Fonte: Aileda de Mattos Oliveira (Dr.ª em Língua Portuguesa. Vice-Presidente da Academia Brasileira de Defesa)

« voltar

Notícias Relacionadas

» Veja todas as notícias

Entre em contato

"Um só Coração e uma só Alma pelo Brasil" Logo ADESG ADESG Nacional - +55 (21) 2262-6400
Palácio Duque de Caxias
Praça Duque de Caxias nº 25 - 6º andar - Ala Marcílio Dias
CEP 20221-260 - Rio de Janeiro - RJ